titulo

SustentHabilidade

Opinião e realizações

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Presidente da ABEEólica apresenta Rede de Pesquisa em Energia Eólica a entidades do empresariado potiguar


A comitiva formada pela presidente-executiva da ABEEólica, Élbia Melo, o diretor-geral do CERNE, Jean-Paul Prates, o diretor para o nordeste da Abeeólica, Pedro Cavalcanti, e os professores Alexandre Street e Delberis Araújo Lima, da PUC-Rio, que foram contratados para a elaboração de um estudo sobre a rede, estiveram no final da manhã com o superintendente do SEBRAE-RN, José Carlos Ferreira de Melo (Zeca Melo).

Entre os assuntos, o crescimento do setor energético potiguar, as potencialidades do Estado e a definição de uma política orientada para a expansão da fonte eólica na matriz energética brasileira.

“Se não tomarmos cuidado, vamos perder a competitividade na energia eólica, pois a concorrência é agressiva”, afirmou Pedro Cavalcanti.

Zeca Melo falou sobre as origens da Redepetro, que é uma associacão de empresários com atividades voltadas para o setor de petróleo e gás natural, e que trouxe prosperidade ao setor na região onde está inserida. Disse que acredita que o setor eólico precisa de iniciativas como essa.

Para a ABEEólica, é preciso integrar as atividades ligadas à energia eólica a outros setores, como o turismo, criando ações que valorizem, por exemplo, os artesãos e o comércio locais. O diretor-geral do CERNE, Jean-Paul Prates, citou vários exemplos de municípios que passaram a experimentar o desenvolvimento econômico em função da chegada de parques eólicos. Como o caso de Parazinho, onde uma grande parcela da população passou a exercer atividades econômicas ou ampliou pequenos negócios já existentes para atender necessidades geradas por essa atividade na região.

O superintendente do SEBRAE-RN reafirmou a intenção de formar parcerias para colaborar no desenvolvimento do setor e solicitou que seja inserido no compartilhamento de informações sobre a criação da nova rede.



Reunião com a diretoria do Sebrae-RN



Comitiva também visita a Federação das Indústrias do RN

Após a reunião com o Sebrae, a comitiva seguiu para a Federação das Indústrias do RN (FIERN), onde foi recebida pelo presidente, Amaro Sales, e pelo diretor regional do SENAI, Rodrigo Melo.

Élbia Melo apresentou a conceção da Rede de Pesquisas em Energia Eólica no Brasil ao presidente da FIERN e ouviu dele, que apesar de pouco tempo no cargo, vai se dedicar a ajudar a implementação da rede. O presidente disse também que quer participar de todos os eventos ligados à energia eólica e deixou as portas da FIERN abertas para o que a ABEEólica precisar.

A presidente -executiva da ABEEólica, Élbia Melo, explica a rede de pesquisa ao presidente da FIERN, Amaro Sales.

UFRN também esteve no roteiro de visitas

A comitiva também passou pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Participaram do encontro a vice-reitora, Maria de Fátima Melo Ximenes, pró-reitor de Pesquisa e o adjunto. Élbia Melo apresentou o trabalho da associação e a proposta de elaboração da rede de pesquisas. O pró-reitor de Pesquisa propôs a realização de um workshop para apresentar a proposta aos pesquisadores da instituição e realizar a abertura dos trabalhos em conjunto. A data do evento será definida posteriormente, de acordo com o calendário acadêmico da universidade e a disponibilidade da ABEEólica. O diretor-geral do CERNE congratulou a iniciativa da UFRN e disse que o CERNE também participará do evento como parceiro.



Reunião com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Nenhum comentário:

.