titulo

SustentHabilidade

Opinião e realizações

quarta-feira, 25 de março de 2009

Universidade norte-americana avalia atuação internacional do RN

A atuação do Governo do Rio Grande do Norte na área de assuntos internacionais mereceu elogios de uma das mais importantes universidades dos Estados Unidos. A Georgetown University, a principal universidade de Washington e também a mais utilizada pelo governo americano (inclusive a Casa Branca) para realização de estudos técnicos e jurídicos sobre gestão pública, encaminhou correspondência ao Governo do Estado parabenizando-o por ser um dos poucos no Brasil a dispor de uma Secretaria de Assuntos Internacionais. A instituição de ensino está realizando uma pesquisa sobre a atuação internacional de governos estaduais e o RN será um dos objetos de estudo.

Na correspondência encaminhada ao Governo do Estado, a Universidade Georgetown, por meio do Centro de Estudos Latino-Americanos (CLAS, em inglês), informa que a pesquisa com os governos brasileiros está sendo desenvolvida em intercâmbio com o Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (IREL/UnB) e um relatório final será enviado aos participantes. A Georgetown University possui o Brazilian Studies Program e se colocou à disposição do Governo do Rio Grande do Norte para as demandas acadêmicas do Estado.

Desde que assumiu o cargo, a governadora Wilma de Faria tem demonstrado especial atenção aos assuntos internacionais. O Governo do Estado foi pioneiro, por exemplo, ao anunciar medidas contra a crise econômica mundial, antes mesmo dela atingir significativamente o Brasil. “O Estado prova assim que, mesmo pequeno, se agiganta quanto se trata da gestão pública e da competência ao tratar dos assuntos que agregam valor à sua economia - sem intervencionismo, apenas com mediação, mobilização e planejamento do uso de seus recursos”, destaca o secretário de Energia e Assuntos Internacionais do RN, Jean-Paul Prates.

O Estado também tem marcado presença em eventos internacionais que possam atrair divisas para o Rio Grande do Norte, através do incremento do turismo e da atração de investidores. Eventos que ajudaram a alavancar a economia do Estado, como o Salão Imobiliário de Madrid, na Espanha, que despertou o interesse de diversos grupos estrangeiros em investir no território potiguar. “Nosso esforço em divulgar o Estado internacionalmente tem dado resultados bastante positivos. O RN se mantém na liderança entre os estados brasileiros que mais recebem investimentos estrangeiros, o nosso pacote anti-crise conseguiu evitar demissões em massa e o RN desponta como um dos estados mais promissores no mercado externo”, salienta a governadora.

Nenhum comentário:

.